CHIL.ME

Elements with tag azeite

Jan 15, 2013 at 11:32
FEB
21

O Fórum do Azeite, constitui-se como um evento dirigido ao público em geral, procurando ser um factor diferenciador e promotor do consumo do azeite e da divulgação dos nossos azeites e das suas diferentes e variadas utilizações. Enquanto que o Simpósio Técnico assume um carácter mais técnico e direccionado para os agricultores, olivicultores/produtores de azeite e outros agentes económicos. O Simpósio Técnico reunirá um conjunto conceituado de especialistas, portugueses e espanhóis, para abordar temas da maior importância para o sector do Azeite.

Integrados também no II Encontro Ibérico do Azeite estão dois concursos: o Concurso de Trabalhos Técnico-Científicos e o Concurso de Vídeo Azeites da Nossa Terra. O Concurso de Trabalhos Técnico-Científicos é dirigido a investigadores, professores e alunos e tem como objectivo divulgar e estimular a investigação científica realizada em torno do sector olivícola. Neste concurso enquadram-se quaisquer trabalhos que directa ou indirectamente abordem um tema relacionado com a fileira, ou seja, da oliveira ao azeite - processo produtivo, tecnológico, comercial e subprodutos. Os concorrentes devem enviar os seus resumos para o endereço de correio electrónico encontrodoazeite@cm-abrantes.pt até às 23h59 do dia 27 de Janeiro. Sendo que os concorrentes cujos resumos sejam seleccionados terão de produzir um poster relativo aos mesmos que serão expostos publicamente no decurso do Simpósio integrado no II Encontro Ibérico do Azeite.

O Concurso de Vídeo Azeites da Nossa Terra decorrerá até ao dia 1 de Fevereiro. Este concurso tem objectivo estimular a criatividade e imaginação, sensibilizar o público escolar para o consumo do azeite e promover e divulgar os Azeites da Nossa Terra, 5 azeites produzidos no Ribatejo Interior. Este concurso desafia os alunos que frequentam os ensinos secundário e superior a criarem vídeos com a duração de 1min. e 30 seg. no máximo sobre os 5 azeites produzidos em Abrantes (Casa Anadia, Ourogal, SAOV, Val Escudeiro e Zé Bairrão).

Os 30 melhores trabalhos serão expostos no Fórum do II Encontro Ibérico do Azeite, entre os dias 22 e 24 de Fevereiro e o melhor vídeo receberá um iPad.

As criações podem ser realizadas individualmente ou em equipa com o máximo de 3 elementos. E devem ser remetidas para o endereço electrónico encontrodoazeite@cm-abrantes.pt até às 23h59 do dia 1 de Fevereiro.

Da Comissão Organizadora do II Encontro Ibérico do Azeite fazem parte a Câmara Municipal de Abrantes, assim como representantes de diversos agentes governamentais e não governamentais que intervêm na fileira do azeite em Portugal. Entre estes representantes, está incluída a Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo.

PROGRAMA PROVISÓRIO

CINETEATRO S. PEDRO ABRANTES

22.FEVEREIRO

08H30 ABERTURA DO SECRETARIADO

09H00 SESSÃO DE ABERTURA

MINISTRA DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO*

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES

09H30 PAINEL 1 AZEITE

MODERADOR: PROFESSOR JOSÉ MANUEL BATISTA GOUVEIA.

UNIVERSIDADE DE ÉVORA

ÚLTIMAS NOVIDADES TECNOLÓGICAS NOS LAGARES

MARINO UJEDA. UNIVERSIDADE DE JAEN

ANA CARRILHO. OLIVAIS SUL

VALORIZAÇÃO DOS SUBPRODUTOS DOS LAGARES

LUIS SANTOS. UNIVERSIDADE DE TRÁS OS MONTES

M.ª VICTORIA RUIZ MENDES. INSTITUTO DE LA GRASA

11H30 INTERVALO

11H30 IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE SENSORIAL NA QUALIDADE DOS AZEITES

WENCESLAU MOREDA MARTINO. INSTITUTO DE LA GRASA

SUSANA SASSETTI. ASSOCIAÇÃO DE AGRICULTORES DO RIBATEJO

12H45 DEBATE

13H00 ALMOÇO

14H30

MODERADOR: MARIANA MATOS. CASA DO AZEITE

UMA ESTRATÉGIA PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR AGRO-ALIMENTAR PORTUGUÊS

ANA MENEZES. GPP

PROMOÇÃO DO CONSUMO E MERCADOS

CARACTERIZAÇÃO, OPORTUNIDADES E DESAFIOS

ORADOR A CONFIRMAR, BRASIL E CHINA – COI

ORADOR A CONFIRMAR, ANGOLA – AICEP

16H15 INTERVALO

16H30 A CONQUISTA DE MERCADOS

A EXPERIÊNCIA DA ASSOCIAÇÃO INTERPROFISSIONAL ESPANHOLA

CASE STUDY

TERESA PÉREZ MILLÁN. INTERPROFISSINAL ESPANHOLA

17H00 DEBATE

PAINEL 2 MERCADOS

23.FEVEREIRO

09H30

MODERADOR:

ENG.º JOSÉ MARIA FALCÃO. HERDADE TORRE DAS FIGUEIRAS

O FUTURO DO AZEITE COM A NOVA PAC 2014-20

FRANCISCO AVILLEZ. AGROGES

IMPORTÂNCIA DO SECTOR DO AZEITE PARA A AGRICULTURA PORTUGUESA

DAVID GOUVEIA. GABINETE DE PLANEAMENTO E POLÍTICAS/MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

11H00 INTERVALO

11H15 INVESTIR NO SECTOR?

ORADOR A DESIGNAR, SAOV

MANUEL PAULO RIBEIRO. COOPERATIVA DE VALPAÇOS

PAINEL 3 POLÍTICA

12H00 CONCURSO UNIVERSITÁRIO INOVAÇÃO NO SETOR DO AZEITE

APRESENTAÇÃO DO PROJETO VENCEDOR

INTERNACIONALIZAÇÃO DO AZEITE PORTUGUÊS

RICARDO AVELINO. ISCTE

12H15 EMPREENDER …

MIGUEL GONÇALVES. SPARK AGENCY

12H45 DEBATE

13H00 SESSÃO DE ENCERRAMENTO

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES

DIRETOR REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DE LISBOA E VALE DO TEJO

* A CONFIRMAR

FORÚM DO AZEITE

22-24.02.2013

INSTALAÇÕES DA ANTIGA RODOVIÁRIA

ABRANTES

ESPAÇOS EXPOSITIVOS

1. DOCAZEITE - ABRANTES

A. EXPOSIÇÃO “O AZEITE EM ABRANTES” ATRAVÉS DA QUAL SE DARÁ A CONHECER AS MARCAS DA CULTURA DO AZEITE NA HISTÓRIA DE ABRANTES

B. EXIBIÇÃO DOS VÍDEOS PREMIADOS NO CONCURSO

“AZEITES DA NOSSA TERRA”

2. COSMÉTICA COM AZEITE

A. ESPAÇO D E EXPOSIÇÃO E VENDA DE PRODUTOS COSMÉTICOS ELABORADOS COM AZEITE

B. ESPAÇO SPA - OLIVOTERAPIA

3. WORKSHOPS

(SUJEITOS A INSCRIÇÃO PRÉVIA)

A. ANÁLISE SENSORIAL DO AZEITE.

B. PRODUÇÃO DE SABONETES COM AZEITE.

C. AZEITE E RESTAURAÇÃO.

4. LOJA DO AZEITE E PRODUTOS REGIONAIS

ESPAÇO GASTRONÓMICO

1. SHOW COOKING

EM COLABORAÇÃO COM A ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA DO ESTORIL

CONFECÇÃO DE RECEITAS ONDE O AZEITE É O INGREDIENTE IMPRESCINDÍVEL

2. SABORES DO TEJO COM AZEITE

A. ESPAÇO DE “PETISCOS COM AZEITE” A FUNCIONAR ENTRE AS 12H E AS 15H E ENTRE AS 19 E AS 21H.

B. EM PARALELO, NOS RESTAURANTES ADERENTES DO CONCELHO, FUNCIONARÁ O FESTIVAL SABORES DO TEJO COM AZEITE

ANIMAÇÃO MUSICAL

HORÁRIO:

22.02.2013 / 18H00–22H00

23.02.2013 / 10H00–22H00

24.02.2013 / 10H00–20H00

Largo de São Pedro, 2200-366 ABRANTES
Aug 08, 2012 at 11:54
SEP
12

AZEITE – DA PRODUÇÃO AOS MERCADOS

9,30 H – Entrega de documentação

10,00 H - Sessão de Abertura

Aníbal Costa - Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo

10,15 H - Aproximação aos custos das diferentes formas de cultura do olival

José Penco - AEMO – Associação dos Municípios Olivícolas Espanhóis

10,35 H - Gestão da produtividade no sector da transformação de azeite

Alberto Manuel - Process Sphere

11,15 H - Rastreabilidade e HACCP no sector do azeite

Rita Carvalheiro - ASAE - Autoridade de Segurança Alimentar e Económica

11,40 H - Marketing e Valores da Marca

João Freire - BRANDIA

15,00 H - Políticas económicas da olivicultura e do azeite

Francisco Avillez - AGRO.GES – Sociedade de Estudos e Projetos

15,25 H - Mercados tradicionais e mercados emergentes de azeite

Jean-Louis Barjol - COI – Conselho Oleícola Internacional

16,05 H - Perspectivas da campanha 2012/2013 – balanço do azeite e evolução de preços

Mariana Matos - Casa do Azeite

17,00 H – Encerramento

Inscrições rigorosamente limitadas. Reserve a sua participação através do email cedec@cmferreira-

alentejo.pt até ao dia 6 de Setembro de 2012. NOTA: Só serão aceites as inscrições que receberem comprovativo das mesmas.

Centro Cultural Manuel da Fonseca, Ferreira do Alentejo
Jul 11, 2012 at 15:12
SEP
07

Este curso tem como objectivos gerais

• Dar a conhecer os tipos de azeites produzidos e como são definidas as suas características qualitativas

• Relacionar as categorias de azeite com critérios químicos e sensoriais.

• Distinguir os defeitos mais comuns dos azeites virgens.

• Distinguir atributos positivos em diferentes azeites virgens extra.

Programa:

Iniciação à prova de azeite virgem

Tecnologia de extracção de azeite virgem versus defeitos no azeite

Análise sensorial aplicada ao azeite virgem

Custo de inscrição: € 60,00 (sessenta Euro)

Número de formandos: mínimo 10, máximo 20.

Data limite de inscrição: 29 de Agosto de 2012.

Critérios de selecção dos formandos: os formandos serão seleccionados por ordem de inscrição.

Mais informações: pedrolopes@ipcb.pt / Telf: +351272339900

ESACB, Quinta Srª de Mércules, Castelo Branco, Portugal
May 17, 2012 at 14:50
JUN
13

Portugal é de Norte a Sul, não esquecendo as regiões Insulares, um País vitícola, salvo determinadas limitações localizadas impostas pelos solos, clima e orografia. A prova disto é a história marcada pela paisagem vitícola, onde a Vinha parece “bailar” ao som do vento com os “cantos” das Oliveiras.

A diversidade edafoclimática e geográfica originam distintos vinhos produzidos em função das características do meio em que se desenvolvem. Desde os Vinhos Verdes, frescos e medianamente alcoólicos, aos maduros, brancos e tintos provenientes de numerosas demarcações de características ecológicas específicas, aos generosos do Douro, de Setúbal e da Madeira, aos espumantes do Douro e da Bairrada e até às aguardentes da Lourinhã, tudo pode ser produzido, desde que ajustadas as condições oferecidas pelo meio aos potenciais vitícolas e enológicos.

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e o Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB), com a colaboração da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP), Associação de Olivicultores de Trás-os-Montes e Alto Douro (AOTAD), Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes (CVRTM) e Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID), planearam a organização deste evento com o principal objetivo de debater as principais tomadas de decisão futuras para o setor Vitivinícola face às sentidas recentes alterações sócio-culturais, ambientais e económicas, visando a Sustentabilidade da Fileira Vitivinícola, associado a Provas de Vinhos e Azeites das diferentes Denominações de Origem Portuguesas.

O Encontro realiza-se no Auditório do Edificio das Ciências Agrárias na UTAD.

Mais informações: http://www.vitilabtek.com/sfv2012/

UTAD, Quinta de Prados, Vila Real
Jul 10, 2012 at 16:44
OCT
09

Numa altura em que a produção de azeite caminha para a autossuficiência, é importante esclarecer e discutir os desafios que o setor enfrenta.

Esta é a oportunidade para juntar olivicultores e produtores numa tarde de networking, onde serão discutidos temas como a escolha dos sistemas de condução, a gestão da produtividade e da qualidade do azeite, a análise de rentabilidade em diferentes tipos de olival e a importância da exportação como estratégia de criação de valor.

A conferência vai contar com a apresentação de case studies de sucesso e um painel de reconhecidos especialistas para discutir as últimas novidades em técnicas e tecnologias, otimização na extração de azeite; estratégias de investimento, de reconversão e de adaptação ao mercado, perspetivas de preços e ajudas disponíveis, apoios à exportação, análise de mercados e planos de diferenciação nos mercados.

Uma oportunidade única de juntar produtores, técnicos, investigadores e agentes económicos numa conferência exclusiva para profissionais.

A entrada é livre, sendo obrigatório pré-registo online. Consulte o programa provisório e marque já a tarde de dia 10 de outubro na sua agenda!

Programa:

14h00

Receção dos Assistentes

14h30

Boas vindas, apresentação dos convidados e introdução ao tema

Isabel Martins, diretora Revista VIDA RURAL

14h45

SISTEMAS DE CONDUÇÃO: INFLUÊNCIA NA PODA E COLHEITA DA AZEITONA

-Tradicional, intensivo e super intensivo

- Densidades, compassos e produtividades

- Adaptação ao regadio

- Adaptação do solo

- Estratégia de poda

- Mecanização da colheita

- Qualidade do azeite

15h15

ANÁLISE DE RENTABILIDADE EM DIFERENTES TIPOS DE OLIVAL

- Investimento em função dos tipos de olival e cultivares

- Reconversão de olival tradicional: impacto do regadio

- Produção de grande volume vs produção para nicho

- Ajudas ao investimento

- Perspetivas de evolução de preços

15h45

GESTÃO DA PRODUTIVIDADE E DA QUALIDADE DO AZEITE

- Otimização na extração de azeite

- Produtividade versus potencial aromático

- Perfis organoléticos

- Controlo de acidez

- Adaptação ao mercado

16h15

Pausa para café

16h45

Mesa redonda:

A EXPORTAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CRIAÇÃO DE VALOR

- Conhecer os mercados alvo

- Apoios à exportação

- Análise da concorrência

- Diferenciação e definição de preço nos mercados internacionais

- Marca versus granel

- O valor da Origem e a importância das denominações

18h00

Conclusões e encerramento da conferência

Para mais informações:http://www.conferenciasvidarural.ife.pt/homepage.aspx?menuid=1

SANA Malhoa Hotel, Av. José Malhoa, 8, Lisboa
Jan 28, 2013 at 00:00

Encontram-se abertas as inscrições para o 3º Concurso Internacional de Azeite Virgem Extra – Prémio OVIBEJA 2013. O prazo de inscrição termina a 15 de Março 2013.

Loading, please wait...